Vai demorar muito para o futuro chegar?
Se depender da gente, não.


Em 2019, queremos que a categoria Criação do Young Lions Brazil 
adote o mesmo método de seleção usado por vários outros países.








ANÁLISE DE PORTFÓLIO

O processo atual conta com duas rodadas. Na primeira, todos os participantes têm seus portfólios, com 6 projetos cada, avaliados pelo júri. Na segunda, os 50 criativos mais bem colocados tem seus portfólios reavaliados por um júri menor.







UM BRIEFING PARA TODOS

Briefing único para ser desenvolvido em 24h ou 48h. O briefing pode ser criado em parceria com clientes, agências e ex-Youngs.





FALTA DIVERSIDADE

Pelas regras de hoje, o júri da primeira rodada é composto por todos os ex-Young Lions, quase todos homens e brancos. Eles precisam avaliar cada portfólio com uma nota de 1 a 5. O segundo júri é composto por nove ex-Young Lions, que discutem as pastas e decidem a delegação oficial.






DIFERENTES PONTOS DE VISTA

Júri diverso e formado por profissionais de todo o mercado, não só por ex-Youngs. Queremos saber o que negros, pardos, mulheres e a comunidade LGBT+ pensam sobre os nossos trabalhos. 






INSCRIÇÃO CARA E SELEÇÃO NÃO ANÔNIMA

A taxa de inscrição é muito alta para a realidade do país e do mercado, podendo custar quase 25% do salário inicial de um jovem criativo. Além disso, o processo seletivo não é anônimo. Todas as pastas são identificadas com o nome do criativo, nas duas rodadas de avaliação.






INSCRIÇÃO JUSTA E ANONIMATO 

Participação acessível, com inscrição gratuita ou bancada pelas agências. A entrega dos trabalhos deve ser feita de forma anônima e identificada apenas por número. Assim, garantimos que só as ideias sejam levadas em conta.



POUCA PARTICIPAÇÃO DAS AGÊNCIAS

Poucas agências pagam a taxa de inscrição dos seus criativos ou tem programas de orientação. Os ex-Young Lions também não tem um canal de comunicação para compartilhar suas experiências e contribuir com os participantes de forma ativa.








PROGRAMAS DE MENTORIA

Programas de mentoria em parceria com agências e patrocinadores destinados a grupos subrepresentados. A mentoria também pode ser oferecida por ex-Youngs, que competiram em Cannes e tem experiência com o formato de seleção.







QUEM MANDA É A IDEIA

Todo mundo pode ajudar a mudar o nosso mercado. Nós queremos fazer isso valorizando as melhores ideias e acreditamos que as nossas propostas são um caminho mais justo até elas. Vamos começar a abrir portas para que talentos de todas as classes, gêneros, cores e agências tenham a chance de brilhar. E pode ter certeza que eles vão.








Mark